29ª Casa Cor atrai público e profissionais em busca de tendências

0

Esta semana começou, em São Paulo, uma das mostras de decoração mais importantes do país: a 29ª Casa Cor São Paulo, que terá presença garantida dos profissionais de arquitetura e decoração mais antenados de São Caetano do Sul em busca das melhores tendências do setor, a exemplo de Alessandra Luz, que pretende conferir pessoalmente as novidades. O evento, que começou na última terça-feira, acontece no Jockey Club São Paulo até 12 de julho. O portal Viver São Caetano não ficou fora desta e já está recebendo informações sobre os espaços decorados que estão fazendo sucesso na exposição.

AndreaeFernanda

Luxo: na parede da lareira, destaque para o mármore Wood Wave, o mesmo utilizado nas lojas Chanel

De estilo nobre e de relevo fora do comum. Essa é a perfeita definição do Living Sublime, espaço clássico e contemporâneo assinado pela dupla de arquitetas Andrea Teixeira e Fernanda Negrelli. A inspiração para a idealização do living com 70m² vem do receber bem, sempre com muita elegância e sofisticação. O uso de cores neutras, revestimentos naturais e a marcenaria em carvalho americano lustrado dão um toque aconchegante ao espaço.

AndreaeFernanda3

A cor cinza chumbo, do carvalho, foi desenvolvida artesanalmente pelas arquitetas

A mescla de estilos permitiu uma construção harmoniosa entre os mobiliários italianos com design assinado, e a marcante e sofisticada brasilidade, presente nas peças criadas pelas arquitetas – mesa de centro, aparador e arandelas em cobre -, que acompanham a globalização de estilos e mostra o potencial da arquitetura e design brasileiros.  As obras de artes que compõem o ambiente como a do argentino AdolfoEstrada e dos brasileiros Sônia Ebling, Gomide, Vik Muniz, Sergio Fingermann, Fernanda Naman, completam o ar made in Brazil do living.  Outra novidade é o mármore Wood Wave aplicado na lareira do living – o mesmo utilizado nas lojas da Chanel -, que proporciona maior luminosidade ao ambiente. A cor cinza chumbo, do carvalho, foi especialmente desenvolvida de forma artesanal pelas arquitetas para este funcional e contemporâneo espaço. A nuance mais escura contrasta com tecido de linho da parede, as peças art déco e o lustre Baccarat, encarregado do ar clássico. 

Criação Mineira – Outro espaço que atraído a atenção dos visitantes é o loft de 97 m2da arquiteta Myrna Porcaro. Tendo como tema “Viver Brasileiro em Miami”, a mineira misturou elementos do modo de vida desta cidade com muitas referências brasileiras, entre elas um belíssimo conjunto de obras de arte. Para o espaço de um verdadeiro amante da arte brasileira, a arquiteta convidou a curadora de arte Bianca Cutait para a seleção das peças genuinamente brasileira.

MirnaPorcaro1

A brasilidade das cores presente no projeto para loft em Miami, da mineira Mirna Porcaro

“A proposta de Myrna é criar uma fusão entre as duas culturas e durante minha pesquisa tive o cuidado de imaginar o que um brasileiro que vive em Miami e conheça arte buscaria para manter laços com seu país”, explica Bianca Cutait. A curadora selecionou obras de artistas como Gilberto Salvador, Yutaka Toyota, Cláudio Edinger, Lelly de Orleans e Bragança, Arquém Alcantara, Carmen Gusmão, Renata Tassinari, Rubem Robierb, Valdir Cruz e Rosemberg Sandoval. Além da aderência ao desafio que a própria Myrna se propôs, a curadoria está totalmente em sinergia com o tema do evento, que este ano é “Brasilidade”. “Além disso, minha tive como inspiração buscar obras brasileiras que possam ser referência da arte do Brasil para o mercado americano”, conta Bianca.

 

 

 

 

Compartilhe.

Deixe um Comentário