E qual o segredo do sucesso?

0

* por Lupércio Rizzo 

lupercioEntre as coisas que fazemos com frequência, olhar para o futuro é certamente uma das mais comuns. Imaginamos como serão nossas férias, criamos expectativas quanto ao final de semana. Mal usamos um carro e já sonhamos com o veículo que irá substituí-lo, o próximo celular, o novo emprego , entre outros desejos.

Pensar no que pode vir é natural e muito bom, até porque, filosoficamente, estamos em meio a um percurso de vida que passa pelo presente, que é a síntese e resultado do passado e desenhamos, neste instante, o nosso futuro. Nossa conversa trata, especialmente, do futuro profissional, que sempre faz parte dos momentos de introspecção desta época do ano. Perspectivas e desejos não são as mesmas coisas. Nossos desejos podem ser colocados no mesmo terreno dos sonhos. Para nos orientar vamos fazer uso do dicionário, um direcionador por conta da assertividade que confere às nossas frases..

Sonhos são reuniões das imagens, ideias, pensamentos ou fantasias que, geralmente, confusas e sem nexo, se apresentam à mente no decorrer do sono ou, em nosso contexto, como anseio, vontade permanente, viva e constante. Planejamento é a ação de preparar um trabalho ou um objetivo de forma sistemática. É o ato ou efeito de planejar, de elaborar um plano determinando etapas, procedimentos ou meios que devem ser usados no desenvolvimento de uma tarefa.

Por fim, o trabalho é o conjunto das atividades realizadas por alguém para alcançar um determinado fim ou propósito; os mecanismos mentais ou intelectuais utilizados na realização de algo. Retomando o inicio deste texto, sonhamos o tempo todo, jogamos conversa fora sobre o que faríamos se ganhássemos na Mega-Sena, mas na maioria das vezes sequer enfrentamos a fila da lotérica para fazer a aposta. Sonhar em ser bem sucedido na carreira deve ser a mola propulsora para que possamos estabelecer um plano de trabalho. Portanto, não alcançaremos o sucesso se não estabelecermos etapas a serem cumpridas, se não empreendermos empenho sistemático, levando em conta que o tempo tem suas razões e que a maturação é um componente primordial na formação do sucesso.

Planejar, então, se aproxima de projetar, lançar para frente, desenhar. Mas para o desenho sair do papel não existe receita pronta, muito menos fórmula mágica que não o trabalho, as mangas erguidas, o levantar-se nos tombos e a persistência. Perseverar é uma das palavras que podemos usar para unir planejamento e trabalho. Não se trata de “achismos”, de contar com a sorte ou com ajuda alheia. Outro dia, um aluno me disse que, atualmente, só consegue algo interessante quem tem um bom “QI”, o famoso Quem Indica. Minha resposta em tom de pergunta foi: você se indicaria? Thomas Jefferson dizia que acreditava na sorte e que quanto mais trabalhava, mais sorte tinha. A receita para chegar onde se deseja leva dois ingredientes simples: planejamento e trabalho. Difícil é renovar o viço desses ingredientes todos os dias. Aproveite a virada do calendário anual, que nada mais é do que medidor do tempo, e renove seus sonhos com muito planejamento e trabalho. Feliz 2017!

* por Lupércio Rizzo é  doutor em Educação pela USP, mestre em Educação e pós-graduado em Docência Universitária e graduado em Pedagogia.  Atualmente é coordenador de Pós-Graduação no SENAC, pesquisador da Capes/Inep, com participação em pesquisas voltadas à educação e inclusão social, consultor e palestrante em eventos e congressos direcionados à educação, gestão intelectual e formação de professores.

 

Compartilhe.

Deixe um Comentário