Especialista comenta sobre dieta equilibrada

0

Não é de hoje que as pessoas procuram por soluções rápidas e fáceis para emagrecer. Seja excluindo algum alimento, comprando o produto do momento ou apostando em dietas milagrosas. Porém, é necessário entender que manter-se saudável depende de diversos fatores. Segundo o endocrinologista e responsável pelo Grupo de Obesidade e Síndrome Metabólica do Hospital das Clínicas da USP, Dr. Marcio Mancini é fácil culpar determinados alimentos por problemas de saúde, como é o caso do açúcar e a obesidade, por exemplo. “No entanto, a doença é uma complicação multifatorial que depende muito mais de fatores genéticos do que da alimentação. Há muitos obesos que não consomem açúcar”, ressalta o médico.

doces

Nem sempre os doces são os vilões de uma dieta mal sucedida

Outros mitos sobre o ingrediente e sobre alimentação saudável circulam em diversos canais, porém, é necessário ter em mente a importância do equilíbrio. “Muita gente perdeu o contato com o ato de comer, pois vigora um olhar ‘funcional’ que desumaniza a comida e enxerga os alimentos somente como fonte de nutrientes. A alimentação é muito mais que isso”, explica o médico. “Precisamos nos recordar que comer deveria ser um momento em que nos sentamos, relaxamos e ingerimos uma combinação de diversos grupos alimentares. Nenhum alimento isoladamente é responsável por engordar ou desenvolver algum tipo de doença”, complementa Dr. Mancini.  O segredo está no consumo balanceado, qualquer alimento em excesso pode fazer mal, assim como as privações podem trazer malefícios.

carboidrato

Carboidratos são essenciais para manter a energia

De acordo com o especialista “sem os carboidratos, o corpo fica mais cansado, pois não está recebendo sua principal fonte de energia, a glicose, responsável também pela liberação do neurotransmissor serotonina que traz a sensação de bem-estar. Já a restrição da ingestão de gorduras pode interferir na reserva energética que protege o corpo das alterações de temperatura, na produção hormonal e das membranas celulares”.Para manter o corpo e a mente saudáveis o ideal, seja para emagrecer ou manter o peso é a reeducação e o equilíbrio alimentar, junto à prática de exercícios físicos e um sono adequado. Segundo o Dr. Daniel Magnoni, cardiologista e nutrólogo do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia,  é possível abarcar tudo dentro de uma dieta saudável, seja um doce, uma batata frita ou uma cerveja.O importante é não sentir culpa e lembrar de manter o equilíbrio e se exercitar sempre.  “As pessoas precisam resgatar o prazer de comer. Mais importante do que seguir dietas da moda é conhecer o próprio corpo e suas necessidades, suprindo-as de maneira adequada e equilibrando sempre as calorias ingeridas e as gastas”, indica o nutrólogo.

Compartilhe.

Deixe um Comentário