Home teather: dicas para criar clima de aconchego

0

Feriados prolongados estimulam as pessoas para dois programas muito tradicionais: viajar ou ficar em casa curtindo bons filmes com a família ou os amigos. Se sua escolha neste feriadão de 15 de novembro foi a segunda opção, ficará melhor ainda se você puder desfrutar de um home teather bem montado e com design que estimule o conforto e o bem-estar. Mas se este espaço ainda não está definido em sua casa, aproveite para escolher algumas dicas da Simonetto. Aconchegante e espaçoso, o home theater é a melhor opção para reunir pessoas não apenas para curtir um bom filme, mas também assistir clipes musicais ou algum outro programa interessante.

foto1

“Ter um espaço assim no próprio lar é, com certeza, uma excelente escolha, pois é possível assistir dvd’s e blu-rays de forma prazerosa e relaxante”, destaca Bruno Garcia Athayde, arquiteto da Simonetto, marca de móveis planejados. Embora seja, relativamente, simples criar um ambiente em casa com esse foco, é preciso observar alguns detalhes. O primeiro passo é encontrar o espaço ideal do projeto para receber os apetrechos necessários. Segundo Bruno é preciso analisar as instalações elétricas, de maneira que suporte os equipamentos eletrônicos, como televisão, caixas de som e os aparelhos de dvd e blu-ray. Outro cuidado fundamental é posicionar a televisão na distância correta em relação ao sofá, que varia de acordo com o tamanho do modelo escolhido. Na hora da instalação, lembre-se de que o centro da tela deve ficar na altura dos olhos de quem está sentado. A iluminação também tem grande importância no projeto de home theater, afinal, é necessário deixar a televisão em um espaço que não receba interferência da luz natural.

“Caso seja inevitável, vale o uso de cortinas e persianas, que bloqueiam a luminosidade e ainda favorecem a acústica do local”, explica Luana Freire, designer de interiores da Simonetto. Uma das vantagens dos móveis Simonetto é que são milimetricamente ajustáveis e adaptáveis para a metragem disponível.

foto4

Neste projeto, a lareira conferiu clima mais aconchegante ao ambiente

Bruno indica que o home theater deve ter, no mínimo, 10 m² para não prejudicar a circulação e a qualidade do som. “Independentemente do espaço, é preciso que tenha gavetas multifuncionais, prateleiras para apoio dos equipamentos, painéis para revestimento e um tapete para ajudar no isolamento acústico”, conta.
Integração em todo o ambiente – Responsável por elaborar o home theater da Simonetto Jundiaí, Luana explica que o ambiente de 16 m² foi pensado para uma família jovem. “Inserimos um painel com nichos para guardar os DVDs e Blu-rays, mas que também serve para exibir objetos decorativos. A lareira torna o ambiente mais aconchegante e há espaço para servir comidas e bebidas”, comenta. Os nichos e a parede foram revestidos com o padrão de MDF Rovere Marsala, da Simonetto. Para dar mais destaque à televisão, foi inserido um painel de lacca fendi, mesmo material escolhido para as portas do armário. O detalhe fica por conta do espelho bronze, que oferece sensação de amplitude.

foto2

Espelho no detalhe: mais amplitude

Luana conta que o principal desafio do projeto foi combinar as tonalidades para que o ambiente ficasse harmônico e acolhedor. “Gostei muito da lacca no painel de fundo. Apesar de ser brilhante, ficou sutil e agradável, tornando o ambiente requintado, mas sem perder o foco no conforto visual”, afirma. Para Sergio Rodrigo, gerente da Simonetto Jundiaí, o que os clientes mais gostam no projeto é justamente a possibilidade de personalizar os móveis para todos os estilos. “A paleta variada de cores surpreende até os mais exigentes e conta com texturas diferenciadas. Eles também se sentem satisfeitos com os acabamentos simétricos e o rigoroso controle de qualidade”, conclui.

Compartilhe.

Deixe um Comentário